Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2010

 

“Ela não merece que a magoe, não desta forma, não por ti…”

Ontem morri por dentro…

Há dias que acumulava emoções em silêncio. Sufocava com a agonia de calar o que queria o meu coração só desejava libertar de vez.

Tinha de falar…

Ponderei se o deveria fazer, não queria cometer mais erros contigo, não agora que a ligação que tínhamos estava tão débil.

Tinha de falar.

Não suportava o nó na garganta que sentia mas prometi, garanti a mim mesma que tinha de dizer tudo, sinceramente. Tudo o que sentia na realidade, sem restrições, sem filtros…

Imaginei na minha mente o que iria dizer. Ensaiei as palavras com dedicação. Desta vez ia dar em cada palavra um pedaço do meu coração, um pedaço da minha alma.

… E inconscientemente criei a ilusão de que ias finalmente perceber o que sinto, sonhei que ias compreender que tudo isto tinha sido um erro, que estarmos separados não fazia sentido.

Sim, tinha a certeza. Afinal, ainda sentias algo por mim, como poderias não te comover com as palavras que me preparava para dizer? Como poderias ver o meu coração ali, desprotegido, e negá-lo?

Falei…

Disse tudo o que o meu coração guardava e sorri. Pela primeira vez em muito tempo senti-me leve. Esperei pela tua resposta, carregada de esperança.

E tu falaste e a cada palavra, uma lágrima no meu olhar se formava.

Sem piedade, espezinhaste o meu coração sem sequer notares. Por dentro, acabei. O resto de chão que ainda me suportava, desapareceu e a minha alma caiu na escuridão.

E assim és livre.

Livre de mim…

 …porque os pedaços de mim que ainda se prendiam a ti

não mais existem.

 

 

 


Estou: vazia
My Soundtrack: Um pouco de céu - Mafalda Veiga

publicado por Night_Angel às 22:14 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

“And I wanna play hide and seek, give you my clothes, tell you I love your shoes, sit on the steps when you take a bath, and massage your neck, and kiss your face, and hold your hand and go for a walk. Not mind when you eat my food, and meet you at Rudy's and talk about the day. Talk about your day and laugh at your paranoia. Give you tapes you don't listen to, watch great films... watch terrible films. And tell you about the TV program I saw the night before, and not laugh at your jokes. Want you in the morning, but let you sleep for awhile. Tell you how much I love your eyes, your lips, your neck...

Sit on the steps smoking 'til your neighbors come home. Sit on the steps smoking 'til you come home. And worry when you're late, and be amazed when you're early. I'd give you sunflowers and go to your party and dance. Be sorry when I'm wrong and happy when you forgive me. Look at your photo's and wish I'd known you forever. Hear your voice in my ear, feel your skin on my skin.

 And get scared when you're angry. I tell you you're gorgeous. And hug you when you're anxious and hold you when you're hurt and want you when I smell you and offend you when I touch you and whimper when I'm next to you, and whimper when I'm not. Smother you in the night and get cold when you take the blanket and hot when you don't. Melt when you smile, dissolve when you laugh. But not understand how you think I'm rejecting you when I'm not rejecting you and wonder how you could think I'd ever reject you. And wonder who you are. But I accept you anyway. And tell you about the tree angel and enchanted forest boy who flew across the ocean because he loved you. I'd buy you presents you don't want and take them away again and ask you to marry me and you say no again but keep on asking because though you think I don't mean it but I always have from the first time I asked you. I wander the city thinking, but I'm empty without you, but I want what you want and think I'm losing myself....

But I'll tell you the worst me and try and give you the best of me because you don't deserve any less. Answer your questions when I'd rather not. And tell you the truth when I really don't want to. And try to be honest because I knew you prefer it. And think it's all over but hang on for just ten more minutes before you throw me out of your life, forget who I am. And let me try and get closer you.

... And somehow communicate some of the over-whelming, undying, overpowering, unconditional, all-encompassing, heart-enriching, mind-expanding, ongoing, never-ending love I have for you.

 

In Crave by Sarah Kane

 


Estou: vazia...
My Soundtrack: Pages - 3 Doors Down

publicado por Night_Angel às 14:35 | link do post | comentar

MiM
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Secret #2

Secret #1

I can't deny it

[my mind is out of contro...

when words escape me

Argumentos de Loucura

Hopelessly

This is so fucking stupid...

Confessions #6

I Crave for You

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds